Você não vai se livrar da ansiedade!

0
(0)

Sim, é isso mesmo que você leu! A ansiedade é uma emoção que tem uma função no seu organismo, ela não existe por acaso.

Nós sentimos ansiedade, porém algumas pessoas a possuem de forma muito intensa e desproporcional a realidade, causando prejuízos significativos.

É através dela que nos preparamos para encarar situações do dia a dia como, por exemplo, nos preparar para uma prova, elaborar um bom currículo para uma entrevista de emprego e selecionar a melhor roupa para ir em um encontro.

A sua função é ajudar a prever algum tipo de risco, além de colaborar para a nossa concentração, tomada de decisões e a nossa sobrevivência. Segundo Bernard Rangé, psicólogo e autor de grandes livros que abordam sobre os transtornos ansiosos, a ansiedade existe para te ajudar, para permitir que você consiga se defender de um possível perigo.

A ansiedade deve ser evitada?

O que diferencia a ansiedade de uma emoção que faz parte do seu funcionamento psíquico e perfeitamente normal para algo patológico é justamente a frequência, a intensidade e a duração dos sintomas e como ela atrapalha a sua vida e causa sofrimento.

Na grande maioria das vezes, a ansiedade é associada a algo negativo e que deve ser evitada a todo custo, o que acaba gerando uma interpretação errada do termo. Um grande benefício da Terapia Cognitivo-Comportamental para pessoas que possuem transtornos ansiosos é a psicoeducação das emoções, no qual o paciente irá entender melhor sobre as funções das emoções e como lidar com elas.

A ansiedade é uma emoção que faz parte do ser humano

Além disso, com o  auxílio do psicólogo, ele passará a aprender técnicas de monitoramento de pensamentos, a lidar com os sintomas e entender quais são as situações em sua vida que lhe geram ansiedade e causam sofrimento, promovendo assim uma mudança de pensamentos, emoções e comportamentos.

A ansiedade é uma emoção que faz parte do ser humano e ela é a  responsável por funções importantes para a nossa sobrevivência. Em determinadas situações é através da mesma que  melhoramos o nosso desempenho, tomamos decisões, aumentamos a nossa concentração e nos preparamos para encarar possíveis situações perigosas.

Quando a ansiedade se torna de fato um transtorno

É muito comum vermos  cada vez mais  o termo ansiedade associado a algo ruim, uma emoção que deve ser evitada a todo custo e até mesmo como somente uma doença. O que diferencia a ansiedade como uma reação normal do ser humano para ansiedade patológica é a intensidade, duração e frequência dos sintomas e o quanto ela causa prejuízos para a vida.

Quando a ansiedade se torna de fato um transtorno, ela passa a ser  desproporcional aos acontecimentos, gerando uma preocupação excessiva e que é difícil de ser controlada. Com isso, o indivíduo passa a apresentar diversos sintomas. Alguns dos mais conhecidos são:

  • Inquietação e dificuldade de concentração.
  • Sensação de que uma catástrofe acontecerá a qualquer momento.
  • Náuseas, falta de ar e coração acelerado.
  • Impaciência e frustração.
  • Medo do julgamento alheio.
  • Evitar situações das quais geram desconforto.

A Terapia Cognitivo-Comportamental

A Terapia Cognitivo-Comportamental é uma excelente abordagem para tratar transtornos ansiosos como: Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), Transtorno de Pânico, Fobia Social, Fobias Específicas, dentre outros.

Dentro da abordagem, o paciente irá aprender mais sobre a ansiedade e demais emoções e através de técnicas específicas poderá entender melhor quais são os seus padrões de pensamentos, emoções e comportamentos ansiosos que estão causando prejuízo e assim modificá-los.

Se você se interessou e quer saber mais sobre como a TCC pode te ajudar com a ansiedade, agende uma consulta.

Você gostou desse post?

Compartilhe o post:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Deixe uma resposta

Leia também

Qual o impacto da TV no seu cérebro?

0 (0) Todos nós ouvimos o aviso quando crianças: “Essa TV vai prejudicar o seu cérebro! ”, e hoje a preocupação é ainda maior, já

Como lidar com o TOD?

4 (4) Em algum momento você já pensou “o que faço agora?” ou “como posso ajudar meu filho (a)?” O que é? De acordo com

Rua Abílio Moreira de Miranda, 45
Alto Cajueiros, Macaé – RJ | 27915-250
Macaé Trade Center | MTC

Agende uma consulta no Plenamente