Você tem cuidado do seu jardim?

5
(2)

Quem nunca viu um belo jardim, regado, cuidado, com belas flores, plantas, folhas e frutos totalmente tratado?

Trazendo para nossa realidade, te convido a pensar em você, como um jardim que pode e deve ser cuidado e bem tratado. Então eu te pergunto… Como você tem cuidado do seu jardim? Como você tem cuidado das suas emoções?

Você tem olhado pra dentro de si e tem visto um belo jardim, ou o que você tem visto são folhas secas, maltratadas pelo tempo, pela falta de prioridade e cuidados?

Como tem regado suas emoções? E que experiências você tem extraído desse processo?

Às vezes ao olhar o jardim do outro é dado tanto valor a beleza, ao cheiro das flores, a grama tão verde e perfeita, mas quando se trata do nosso muitas das vezes por conta das situações da vida não vimos com tanta admiração assim.

VAMOS REFLETIR UM POUCO MAIS?

Quem nunca ouviu aquele ditado? … A grama do vizinho é mais verde que a minha.

O vizinho é mais inteligente, a casa do vizinho é a mais bonita, o carro dele é melhor que o seu, a maneira como ele fala é melhor que o seu jeito de falar, etc.

Isso me leva aos seguintes questionamentos:
  • Porque o gramado do outro tem chamado tanto a sua atenção?
  • O quanto você tem se esforçado para ver seu gramado florescer?
  • O quanto de tempo você está disposto a investir para que isso aconteça?
  • Porque será que é mais fácil vislumbrar os ganhos do vizinho que o seu?
  • A beleza que você vê no gramado do outro, te aproxima ou te afasta para os seus objetivos?

Quando pararmos e focarmos no que está faltando em nós, reconhecermos as nossas vulnerabilidades e trabalharmos elas, quando formos capazes de ver o valor que há em nós de fazermos o nosso gramado florescer,o nosso jardim ficar mais bonito, iremos perceber que não era a grama do vizinho que era mais verde.

Quando tiramos o foco de nós e investimos apenas no outro há uma grande chance de acharmos que tudo é mais difícil pra nós.

Quando nossas expectativas e energias estão focadas apenas no outro, gera frustração em vista do nosso cenário, e quando nos frustramos a sensação que dá, é que por mais que façamos alguma coisa em relação à situação nunca será o bastante.

Admirar o bom trabalho do vizinho não é o problema… O problema mora quando a sua admiração, o seu investimento está totalmente lá… É quando você esquece o seu jardim e se perde em meio às possibilidades naquilo que você poderia trabalhar ao seu favor e não utiliza.

O segredo não é correr atrás das borboletas… É cuidar do seu jardim para que elas venham até você. Mario Quintana

O que você está esperando para trabalhar a favor do seu jardim?

Pense nisso!

Se esse tema fez sentido pra você, e deseja saber mais sobre meu trabalho, entre em contato comigo!

Você gostou desse post?

Compartilhe o post:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Deixe uma resposta

Leia também

Qual o impacto da TV no seu cérebro?

0 (0) Todos nós ouvimos o aviso quando crianças: “Essa TV vai prejudicar o seu cérebro! ”, e hoje a preocupação é ainda maior, já

Como lidar com o TOD?

4 (4) Em algum momento você já pensou “o que faço agora?” ou “como posso ajudar meu filho (a)?” O que é? De acordo com

Rua Abílio Moreira de Miranda, 45
Alto Cajueiros, Macaé – RJ | 27915-250
Macaé Trade Center | MTC

Agende uma consulta no Plenamente